Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Pneumonia e diarreia matam 1.4 milhões de crianças por ano – mais do que todas as outras doenças infantis juntas – A pneumonia e a diarreia juntas matam 1.4 milhões de crianças por ano. A esmagadora maioria destas crianças vivem em países de baixo e médio rendimento. Estas mortes infantis continuam a ocorrer apesar de ambas as doenças serem amplamente preveníveis através de soluções simples e de baixo custo, tais como amamentação exclusiva, vacinação, cuidados de saúde primários de qualidade e redução da poluição do ar no interior das habitações.

Declaração da Representante da UNICEF na Síria, sobre a morte de crianças num jardim-de-infância em Harasta – “Um jardim-de-infância na cidade de Harasta, em Damasco Rural a alguns quilómetros da capital, foi hoje alvo de um ataque que matou pelo menos quatro crianças e feriu muitas mais. Este é o último de uma série de ataques contra escolas e estabelecimentos de educação na Síria. Nas últimas duas semanas de Outubro a UNICEF confirmou cinco ataques contra escolas que mataram mais de 30 crianças. (...)"

Declaração de Peter Hawkins, Representante da UNICEF no Iraque sobre a situação das crianças de Mossul – “Cerca de 2.500 crianças e as suas famílias chegaram nas últimas 24 horas a campos de deslocados na zona sudeste de Mossul, para fugir da escalada de violência provocada pela entrada das forças iraquianas pela primeira vez nas ruas da cidade. (...)"

Um mês depois da passagem do furação Matthew: mais de 600.000 crianças continuam a precisar de ajuda – Um mês depois do furacão Matthew ter arrasado o Haiti, cerca de 600.000 crianças continuam a precisar de assistência humanitária, devido ao elevado risco de doenças, fome e má nutrição.

Crianças e mulheres grávidas entre as vítimas mortais da mais recente tragédia no Mediterrâneo – Várias crianças e mulheres grávidas estavam entre as 240 vítimas mortais ao largo da costa da Líbia na passada quarta-feira quando tentavam chegar à Europa.

9.700 crianças deslocadas desde o início da operação de retoma de Mossul – Desde o início da operação para retomar Mossul, a 17 de Outubro, 20.700 pessoas abandonaram a cidade e estão agora deslocadas. A UNICEF estima que 9.700 são crianças que precisam de assistência urgente. À medida que estas crianças e famílias vão chegando aos postos de rastreio, a UNICEF está no local para lhes dar apoio.

Poluição: 300 milhões de crianças respiram ar tóxico – Quase uma em cada sete crianças no mundo – 300 milhões – vivem em zonas com os mais elevados níveis de toxicidade de poluição atmosférica – seis vezes ou mais acima dos limites recomendados internacionalmente, revela o novo relatório da UNICEF 'Clear the air for children'. O Fundo das Nações Unidas para a Infância pede acção urgente na próxima conferência COP 22 em Marraquexe.

UNICEF apela ao parlamento italiano para que aprove um projecto de lei para apoiar o maior número possível de crianças refugiadas e migrantes não acompanhadas – A UNICEF apela ao Parlamento italiano para que aprove urgentemente um projecto de lei histórico a fim de reforçar o apoio e a protecção do maior número possível de crianças não acompanhadas e separadas - pelo menos 20.000 - que chegaram a Itália este ano. Os registos quase diários de afogamentos de migrantes no Mediterrâneo mostram claramente que esta aprovação só pode pecar por tardia para as crianças que arriscam as suas vidas para chegar a Itália.

UNICEF pede protecção urgente para todas as crianças que estão ainda em Calais – Declaração da UNICEF França e da UNICEF UK: "A UNICEF está extremamente chocada por, na noite passada, com o campo em chamas, muitas crianças terem sido forçadas a dormir ao relento e expostas a vários perigos e ao frio intenso. Chocantes são também os relatos de voluntários no terreno que dão conta de que algumas crianças foram afastadas pela polícia por não terem uma pulseira de identificação. Os governos de França e do Reino Unido prometeram manter as crianças em segurança (...)."

Depois da passagem do furacão Matthew, as necessidades de financiamento para responder às necessidades no Haiti triplicaram – Três semanas depois do furação Matthew ter atingido o Haiti, a UNICEF diz que vai precisar de um apoio adicional de 22.5 milhões de dólares para responder às crescentes necessidades das crianças no país, incluindo nas áreas afectadas pelo furação. “As crianças no Haiti durante anos estiveram vulneráveis à pobreza, a severos padrões climáticos, violência, má nutrição e infraestruturas de água precárias,” disse Marc Vincent, Representante da UNICEF no Haiti.


   123456789101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051525354555657585960616263646566676869  
 
Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Galeria de Vídeos
 
   Segunda, 22 de Janeiro de 2018 Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site