Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
O número de crianças ucranianas que precisam de ajuda quase duplicou relativamente ao ano passado – Na altura em que o volátil conflito no leste da Ucrânia acaba de completar três anos, o número de crianças de crianças que precisam urgentemente de ajuda humanitária atinge 1 milhão – quase o dobro do ano passado, diz a UNICEF. Este aumento – que se traduz por um acréscimo de 420.000 raparigas e rapazes – deve-se aos confrontos constantes e à rápida deterioração das condições de vida no leste da Ucrânia, onde cerca de 1.7 milhões de pessoas estão deslocadas internamente (...).

UNICEF e Representante Especial das Nações Unidas congratulam acordo da CJTF na Nigéria – As Nações Unidas na Nigéria e a Representante Especial do Secretário-Geral para as Crianças e Conflitos Armados, Leila Zerrougiu, saúdam a assinatura de um plano de acção para pôr fim ao recrutamento e uso de crianças, pela CCJTF no nordeste da Nigéria. O acordo, assinado em Maiduguri, no estado do Borno, define passos concretos para a libertação de todas as crianças associadas à CJTF e a sua reintegração nas comunidades, bem como para prevenção de novos recrutamentos.

Declaração do Dir. Reg. da UNICEF G. Cappelaere sobre informações relativas à morte e ferimento de crianças na Síria – “A violência da semana passada na Síria terá provocado a morte de pelo menos 20 crianças e causado ferimentos em muitas outras em diversas zonas do país. (...)"

Declaração do Dir. Exec. A. Lake sobre a morte de colaboradores do CICV no Afeganistão e do CVAS na Síria – “Estamos profundamente abalados e indignados com as mortes cruéis de seis colaboradores do Comité Internacional da Cruz Vermelha no Afeganistão e de dois colaboradores do Crescente Vermelho Árabe Sírio em Alepo, na Síria ocorridas hoje. (...)"

Estamos perante o Inverno mais mortífero para as crianças refugiadas e migrantes que atravessam o Mediterrâneo central – Perante um número recorde de mortes de refugiados e migrantes no Mediterrâneo nos últimos três meses, entre as quais 190 crianças, a UNICEF dirigiu um apelo urgente aos líderes da União Europeia que irão reunir-se em Malta. Pelo menos 1,354 migrantes e refugiados morreram afogados entre Novembro de 2016 e o final de Janeiro de 2017, tendo a maioria das mortes socorrido na perigosíssima rota do Mediterrâneo Central entre a Líbia e a Itália onde terão perdido a vida 1.191 pessoas...

Dois refugiados, de gerações diferentes, contam a sua história num novo filme da UNICEF – Um novo e poderoso filme lançado hoje pela UNICEF põe lado-a-lado as histórias de um jovem refugiado sírio e uma criança refugiada da II Guerra Mundial, mostrando de forma muito clara os desafios que as crianças refugiadas continuam a enfrentar. O filme de 2 minutos, criado com a Agência 180 Amsterdam vai passando alternadamente do testemunho de Ahmed, 12 anos, de Damasco na Síria, para o de Harry, 92 anos, natural de Berlim na Alemanha. Os dois contam as suas histórias pessoais, (...).

Combates violentos na Ucrânia deixam milhares de crianças expostas ao frio sem água para beber e fora da escola – Devido aos combates intensos dos dois últimos dias nos arredores da cidade de Avdiivka, na região de Donetsk, mais de 17.000 pessoas – das quais 2.500 crianças – estão expostas às temperaturas baixíssimas e sem aquecimento, electricidade ou água. Seis escolas e quatro jardins-de-infância também fecharam devido à violência, o que para além de interromper o ciclo educativo aumenta a tensão nas crianças, que perdem as tão necessárias rotina e estabilidade que a frequência escolar lhes proporciona.

UNICEF procura angariar 3.3 mil milhões de USD para prestar assistência humanitária a 48 milhões de crianças em situações de conflito e outras crises – 48 milhões de crianças duramente afectadas por alguns dos conflitos mais graves do mundo de hoje e por outras situações de emergência são os principais destinatários do apelo lançado hoje pela UNICEF para acção humanitária em 2017. Desde a Síria ao Iémen e ao Iraque, do Sudão do Sul à Nigéria, as crianças estão a ser alvo de ataques directos nas suas casas, escolas e comunidades em ruínas, as suas esperanças e os seus futuros estão em suspenso.

Escolas começam a reabrir na Síria – Nas últimas semanas a UNICEF tem estado a apoiar a reabertura de 23 escolas primárias na zona oriental de Alepo, permitindo que perto de 6.500 crianças regressem à escola. Até agora, distribuiu materiais escolares, desenvolveu programas intensivos de aprendizagem e deu formação a professores para ajudar as crianças deslocadas a recuperarem de meses e anos de ensino perdidos. Para tal foram também criadas dez salas de aula em estruturas pré-fabricadas.

Declaração da UNICEF sobre crianças refugiadas – “As necessidades dos refugiados nunca foram tantas e tão grandes como agora. Ao nível mundial, 28 milhões de crianças foram desenraizadas por conflitos, forçadas a abandonar as suas casas devido à violência e ao medo. Elas precisam da nossa ajuda. (...)"


   123456789101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051525354555657585960616263646566676869  
 
Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Galeria de Vídeos
 
   Quarta, 24 de Janeiro de 2018 Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site