Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
A UNICEF responde aos deslizamentos de terra na Serra Leoa que provocaram a morte de mais de 100 crianças – A UNICEF está no terreno a responder às necessidades urgentes das famílias deslocadas devido às inundações e deslizamentos de terras na capital da Serra Leoa, Freetown, que já provocaram a morte a várias centenas de pessoas, incluindo pelo menos 109 crianças, de acordo com fontes do governo. É de prever que o número de mortes aumente, pois há mais de 600 pessoas desaparecidas, incluindo muitas crianças

Declaração: "Mais de meio milhão de crianças na Líbia precisam de assistência humanitária" – Geert Cappelaere, Dir. Reg. UNICEF Médio Oriente e Norte de África: “Seis anos após o início da crise na Líbia, mais de 550.000 crianças precisam de assistência devido à instabilidade política, ao conflito, à deslocação interna de pessoas e ao colapso da economia. A violência intensa em algumas partes do país obrigou muitas famílias a abandonarem as suas casas. Mais de 80.00 crianças estão deslocadas e as crianças migrantes na Líbia estão especialmente vulneráveis a abusos e exploração (...)."

Declaração: “Nada pode justificar actos de abuso terríveis contra mulheres e crianças no Kasai” – Marie-Pierre Poirier, Dir. Reg. UNICEF África Ocidental e Central: “O mundo não pode fechar os olhos face à gravíssima situação das crianças e famílias na região do Grande Kasai (República Democrática do Congo). Nos últimos doze meses, mais de 1.4 milhões de pessoas – entre as quais 850.000 crianças – foram forçadas a abandonar as suas casas, e as suas vidas ficaram viradas do avesso devido a actos de violência extrema generalizados. Crianças e mulheres relatam-nos terríveis actos de abuso(...)"

Bebés e mães em todo o mundo sofrem os efeitos da falta de investimento no aleitamento materno – Nenhum país do mundo cumpre na totalidade os padrões recomendados para o aleitamento materno, de acordo com um novo relatório da UNICEF e da Organização Mundial de Saúde (OMS) em colaboração com a - Global Breastfeeding Collective – uma iniciativa criada para aumentar as taxas de aleitamento

850.000 crianças deslocadas pela violência na região instável de Kasai na República Democrática do Congo – Mais de um milhão de pessoas foram forçadas a abandonar as suas casas devido a uma onda de violência na região do Grande Kasai na República Democrática do Congo (RDC) – que tornou a região numa das maiores crises de deslocação de crianças no mundo, informou hoje a UNICEF.

Declaração dos responsáveis da UNICEF, PAM e OMS, na sequência de uma visita conjunta ao Iémen – "Como principais responsáveis de três agências das Nações Unidas - UNICEF, Programa Alimentar Mundial (PAM) e Organização Mundial da Saúde (OMS) - viajamos juntos até ao Iémen para ver de perto a escala desta crise humanitária e para reforçar os nossos esforços conjuntos para ajudar as pessoas do Iémen.(...)"

Chegar à Europa não é o primeiro objectivo das crianças que partem de África (novo estudo UNICEF) – As crianças em movimento que chegam à Europa vindas de África tomam a decisão de abandonar as suas casas sozinhas e inicialmente sem intenção de seguir esse destino. Para a maioria destas crianças, os traumas e abusos constantes que sofreram ou testemunharam na Líbia levam-nas a partir rumo à Europa e a embarcar na terrível rota do Mediterrâneo Central, revela um novo estudo encomendado pela UNICEF e levado a cabo pela REACH*.

As crianças afectadas pela violência em Mossul e noutros conflitos na região precisam urgentemente de cuidados e protecção – "A pior violência em Mossul pode ter acabado, mas para um grande número de crianças na cidade e na região, o sofrimento profundo continua.Continuam a ser encontradas crianças em estado de choque, algumas entre os escombros ou escondidas em túneis em Mossul. Algumas perderam-se das famílias quando fugiam em busca de segurança. Segundo diversos relatos, muitas famílias foram obrigadas a abandonar os filhos ou a dá-los, e agora estão sozinhos, desorientados e amedrontados. (...)"

Malala visita a Nigéria para chamar a atenção para a importância da educação em situações de crise – Durante uma deslocação à Nigéria, Malala Yousafzai, activista e defensora da educação, encontrou-se hoje com raparigas deslocadas pela violência do Boko Haram. Em Maiduguri, epicentro da crise no nordeste da Nigéria, Malala esteve com alunos do ensino primário num campo de deslocados e com alunas do secundário numa Escola oficial para raparigas em Yerwa.

As crianças são cada vez mais alvo de violência na República Centro-Africana – O agravamento dos confrontos na República Centro-Africana (RCA) traduziu-se por um aumento de actos violentos cometidos contra crianças, incluindo assassinatos, raptos, violações e recrutamento por parte de grupos armados, alertou hoje a UNICEF. A agência das Nações Unidas para a infância afirmou que o número de atrocidades contra crianças na RCA ocorridas nos últimos três meses será por certo mais elevado do que os casos oficialmente reportados, (...).


   123456789101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051525354555657585960616263646566  
 
Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Galeria de Vídeos
 
   Terça, 22 de Agosto de 2017 Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site