Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF

© UNICEF
ZÂMBIA

Na Zâmbia as crianças e os jovens são os melhores professores na promoção de boas práticas de higiene

Por Christyne Bahringer

Distrito de Choma, Zâmbia, Março de 2008 - Miyoba Milton é um homem forte com um trabalho importante – Director da Escola Básica Oficial de Choma, onde é responsável por cerca de 600 alunos e pouco mais de
uma dezena de professores. A sua autoridade é doseada com humildade e entusiasmo.


Eu só me apercebi da importância de lavar as mãos quando as nossas crianças me alertaram!” confessou o senhor Milton numa sessão do Grupo de Teatro da escola sobre Água, Saneamento e Educação para a Higiene (WASHE) que se realizou recentemente.

É um assunto muito importante para ficar só na escola. Temos que divulgar as mensagens acerca da água, saneamento e higiene por toda a parte, para que na escola e em casa as crianças sejam saudáveis e também para a segurança a limpeza da nossa comunidade. Na verdade, não há melhores professores do que as nossas crianças,” acrescentou.

Ligação entre a escola e a comunidade


O orgulho do Sr. Milton não é exagerado, pois a sua escola não se limita a servir os seus alunos. A escola é também um ponto de abastecimento da comunidade, fornecendo água potável e saneamento a centenas de famílias das redondezas.

“Os laços entre a escola e a comunidade são fortalecidos por um sentido de pertença partilhado, uma mensagem que o Grupo de Teatro WASHE expressa nas frequentes representações que faz no pátio da escola”, afirmou o especialista da WASHE que trabalha para a UNICEF na Zâmbia, Giveson Zulu.

O grupo utiliza a música e o teatro para educar os seus pares, os professores e membros da comunidade sobre da importância da higiene para manter as crianças e as famílias saudáveis. Aumentar a consciencialização acerca do saneamento e da água potável é crucial, pois as doenças diarreicas são responsáveis por um quinto de todas as mortes de crianças com menos de cinco anos no país.

Quebrar o ciclo da doença

A experiência na escola de Choma, que fica numa província do sul da Zâmbia, é um exemplo de como um acesso inadequado a água e saneamento podem dar origem a um ciclo de doença. Os frequentes surtos de diarreia, de cólera e outras infecções intestinais impediam as crianças de ir à escola, o que fez baixar a frequência para níveis tão baixos que a escola esteve prestes a fechar.

“Dantes, não havia água potável nem saneamento decente,” lembra Leonard Mukosha, técnico de saúde ambiental do Ministério da Saúde. “Nessa altura havia 400 crianças matriculadas na escola. Agora são mais de 600, graças aos novos furos ..e ao sistema integrado de latrinas que a UNICEF ajudou a por a funcionar. As doenças baixaram drasticamente e a escola e a comunidade beneficiaram muito.” Desde que o acesso à água potável e ao saneamento foi melhorado na escola de Choma, o número de raparigas matriculadas também aumentou.

A fim de apoiar projectos WASH ao nível das escolas e das famílias, a UNICEF Zâmbia juntou esforços com as autoridades do país e com organizações locais e grupos comunitários tais como a Associação de Pais e Professores de Choma.

O grupo de teatro tem um papel central nos esforços de mobilização social em Choma. Mais de 100 elementos do grupo e vizinhos participaram numa recente produção que incluiu uma série de canções, danças e skectches destinados a promover a Educação sobre a Água o Saneamento e a Higiene. As representações percorreram grande parte do território.

Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Haiti - Histórias do Terreno
Níger
Zâmbia
Paquistão
Galeria de Vídeos
PARA MAIS INFORMAÇÕES:
http://www.unicef.org/infoby
country/zambia_43206.html
 
   Quarta, 22 de Novembro de 2017Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site