Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
As matrículas subiram mas 21 milhões de crianças no MONA estão em risco de perder a oportunidade de aceder à educação – É necessário mais recursos e novas políticas para que as crianças vão à escola. Apesar dos avanços significativos da última década no que diz respeito ao aumento da frequência escolar, uma em cada quatro crianças e adolescentes (mais de 21 milhões) no Médio Oriente e Norte de África não estão na escola ou estão em risco de a abandonar.

Ajudar a manter seguras as salas de aula no reinício do ano lectivo na Serra Leoa – Enquanto cerca de 1.8 milhões de crianças se preparam para voltar à escola esta semana após uma pausa de nove meses devido ao surto de Ébola, o Governo da Serra Leoa, a UNICEF e parceiros estão a trabalhar para garantir a segurança das crianças através da formação de professores, frequente lavagem das mãos e verificação regular da temperatura dos alunos.

Apesar das dificuldades de acesso, a UNICEF faz chegar bens de primeira necessidade ao Nordeste da Síria – A UNICEF completou a entrega de 43 camiões com bens de ajuda humanitária em Qamishli, no Nordeste da Síria. Os camiões atravessaram o ponto de passagem de Nusyabin na Turquia nos últimos dias e a carga que transportam destina-se a 2.3 milhões de pessoas muito carenciadas.

800.000 crianças forçadas a fugir da violência na Nigéria e na região – Um ano após o rapto de mais de 200 alunas em Chibok, a UNICEF chama a atenção para o impacte devastador do conflito sobre as crianças

Material médico e outros bens essenciais para a saúde estão a ser descarregados no aeroporto de Sana – Um primeiro carregamento aéreo da UNICEF com material médico e outros bens urgentes está a ser descarregado agora no asfalto do Aeroporto Internacional de Sana, enquanto o conflito no Iémen continua a ter um impacte pesado nas crianças e suas famílias.

A violência crescente no Iémen está a ter um impacte intolerável sobre as crianças – – Com a escalada do conflito em muitas zonas do Iémen, as crianças continuam a ser mortas, feridas, deslocadas e cada vez mais expostas ao risco de doença, afirmou hoje a UNICEF. Sabe-se que pelo menos 74 crianças foram mortas e 44 crianças ficaram mutiladas até agora, desde que os confrontos começaram a 26 de Março. Estes são os dados disponíveis mas a UNICEF acredita que o número total de crianças que foram mortas é muito maior devido à intensificação do conflito na passada semana.

UNICEF pede protecção para as crianças perante a escalada de violência no Iémen – Pelo menos 62 crianças foram mortas e 30 ficaram feridas durante os confrontos no Iémen da semana passada, segundo a UNICEF. O conflito está a provocar sérios danos nos serviços básicos de saúde e educação, e a violência e a deslocação estão a deixar as crianças profundamente afectadas.

Crianças mortas ou feridas por minas terrestres e engenhos explosivos não detonados no Leste da Ucrânia – Pelo menos 109 crianças ficaram feridas e 42 foram mortas por minas terrestres e engenhos explosivos não detonados nas regiões de Donetsk e Luhansk no leste da Ucrânia desde Março do ano passado, afirmou hoje a UNICEF. Os números indicados pelo Governo podem não reflectir o número real de crianças que têm sido vítima de minas terrestres e engenhos explosivos não detonados no leste da Ucrânia.

Declaração da UNICEF sobre o apoio às crianças no Iémen – “Embora o deteriorar da situação no Iémen esteja a condicionar as operações, a UNICEF continua a trabalhar para proporcionar assistência vital às crianças no país através de um pequeno número de funcionários internacionais e mais de uma centena de funcionários nacionais, que trabalham com parceiros locais e internacionais. (...)

Novo estudo revela que a violência contra crianças é uma prática generalizada no Malawi – Duas em cada três habitantes do Malawi experienciam violência na infância, uma em cada cinco raparigas foram alvo de abusos sexuais antes de completarem 18 anos, e perto de dois em cada três rapazes sofreram violência física antes dos 18 anos, revela um estudo sobre violência contra crianças e jovens mulheres (VACS) que será lançado amanhã.


   123456789101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051525354555657585960616263646566676869  
 
Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Galeria de Vídeos
 
   Segunda, 22 de Janeiro de 2018 Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site