Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Fundo da UNICEF para a Inovação vai investir em start-ups tecnológicas de código aberto – A UNICEF está a convidar start-ups na área da tecnologia que desenvolvam soluções com potencial para melhorar as condições de vida das crianças mais vulneráveis, a fim de que se candidatem a financiamento através do seu recém-lançado Fundo para a Inovação. Para poderem candidatar-se a financiamento, os projectos devem ser de fonte aberta e ter um protótipo operacional. Podem envolver o desenvolvimento de uma nova tecnologia, ou expandir ou melhorar uma já existente.

Série de The Lancet apresenta mais provas de que o aleitamento materno salva vidas – Uma nova série de artigos agora publicados na revista The Lancet apresenta provas de que o aumento da prática do aleitamento materno pode salvar a vida de mais de 820.000 crianças por ano, das quais nove em cada dez são bebés com menos de seis meses de idade. O incremento do aleitamento materno pode prevenir perto de metade dos episódios de diarreia e um terço das infecções respiratórias – as duas principais causas de morte nas crianças menores de cinco anos.

UNICEF lança apelo humanitário para as crianças no montante de 2.8 mil milhões de dólares – A crise na Síria provocou aumento exponencial da necessidade da educação em situações de emergência. Pela primeira vez, a maior proporção do apelo – 25 por cento – destina-se à educação das crianças em situações de emergência. Este ano a UNICEF prevê aumentar consideravelmente o número de crianças em situação de crise que passarão a ter acesso à educação – de 4.9 milhões no início de 2015 para 8.2 milhões em 2016. Mais de metade – cinco milhões – serão crianças sírias (...).

Um apelo para pôr fim ao sofrimento na Síria – Mais de 120 organizações humanitárias e agências da ONU emitiram hoje um poderoso apelo conjunto dirigido a cidadãos de todo o mundo para que façam ouvir as suas vozes, pedindo o fim da crise síria e do sofrimento vivido por milhões de civis. O apelo enumera também uma série de passos imediatos e práticos que podem melhorar o acesso humanitário e a prestação de ajuda às pessoas que dela necessitam no interior da Síria.

Inverno: UNICEF manifesta preocupação pela saúde das crianças em trânsito nos Balcãs – As crianças que se deparam com um Inverno dura à chegada ao Sudeste da Europa estão fisicamente exaustas, assustadas, angustiadas e, com frequência, também estão a precisar de cuidados médicos, advertiu a UNICEF. As recentes temperaturas negativas e por vezes as condições propícias à queda de neve estão a acentuar a fragilidade da condição física das crianças, dado que muitas das crianças em trânsito não dispõem de vestuário adequado ou acesso a uma nutrição apropriada à sua idade. Esta situação está a agravar-se devido à falta de abrigo e de aquecimento adequado nalguns dos centros de recepção bem como nos autocarros e comboios.

Declaração de Hanaa Singer, Representante da UNICEF na Síria, acerca da zona cercada de Madaya – “A UNICEF congratula-se por esta semana ter sido permitido o acesso às crianças isoladas pelo cerco e pode confirmar que encontrou casos de malnutrição severa entre as crianças na cidade sitiada de Madaya na sequência da nossa participação na segunda missão humanitária conjunta ONU/Crescente Vermelho Árabe da Síria/CICV naquela zona na passada quinta-feira. (...)"

A UNICEF e a OMS apelam ao levantamento do cerco a comunidades na Síria – A entrega efectuada esta semana de bens humanitários de primeira necessidade às comunidades sitiadas de Madaya, Foua’a e Kafraya é um passo bem-vindo para uma população com enormes carências. Durante a missão em Madaya, as nossas equipas estiveram com muitas crianças que se encontram em situação de aflição e estão com fome – algumas das quais sofrem de malnutrição severa, assim como vários adultos. A população da cidade com 40.000 habitantes é servida por apenas dois médicos (...).

Milhares de crianças continuam a precisar de cuidados e apoio no rescaldo da epidemia de Ébola – Perto de 23.000 crianças que perderam um ou ambos os pais ou os seus prestadores de cuidados primários devido ao Ébola na Guiné, Libéria e Serra Leoa vão continuar a precisar de cuidados e apoio, afirmou a UNICEF ao saudar a declaração de que não existem mais casos da doença na África Ocidental.

Guerra no Iémen ameaça cada vez mais as crianças – Declaração de Julien Harneis, Representante da UNICEF no Iémen

Uma em cada quatro crianças nas zonas de conflito está fora da escola – Em 22 países afectados por conflitos, perto de 24 milhões de crianças que vivem em zonas de crise estão fora da escola, afirmou hoje a UNICEF. A análise destaca que perto de uma em cada quatro dos 109.2 milhões de crianças em idade escolar primária e do segundo ciclo – correspondente à faixa etária entre os seis e os 15 anos – que vivem em zonas de conflito estão a ser privadas da sua escolaridade.


   1234567891011121314151617181920212223242526272829303132333435363738394041424344454647484950515253545556575859606162636465666768  
 
Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Galeria de Vídeos
 
   Terça, 26 de Setembro de 2017 Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site