Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Pelo menos 200 crianças perderam a vida quando tentavam chegar às costas italianas desde o início do ano – Pelo menos 200 crianças morreram durante a perigosa travessia do Mediterrâneo Central entre o Norte de África e a Itália desde o início do ano até agora – uma média de mais de uma criança por dia – segundo as mais recentes estimativas da UNICEF. Os dados actualizados referentes às mortes de crianças surgem no momento em que os líderes do G7 se reúnem na Sicília, um dos pontos nevrálgicos da crise de refugiados e migrantes na Europa.

Desde a cólera no Iémen a ataques a hospitais na Síria, os conflitos ameaçam a vida de mais de 24 milhões de crianças no MENA – A violência e os conflitos no Médio Oriente e no Norte de África são uma ameaça para a saúde de 24 milhões de crianças no Iémen, na Síria, na Faixa de Gaza, no Iraque, na Líbia e no Sudão. Os danos causados nas infra-estruturas de saúde estão a privar as crianças de cuidados essenciais. Os serviços de água e saneamento foram danificados causando a propagação de doenças transmitidas pela água, e os cuidados de saúde preventivos e os alimentos nutritivos são insuficientes (...).

Declaração do Director Executivo da UNICEF, Anthony Lake, sobre a vida do Embaixador de Boa Vontade Sir Roger Moore – “Com o desaparecimento de Sir Roger Moore, o mundo perdeu um dos seus maiores defensores das crianças – e toda a família UNICEF perdeu um grande amigo. Na maior parte dos papéis que desempenhou como actor, Sir Roger Moore era um símbolo da sofisticação descontraída; mas no seu trabalho enquanto Embaixador de Boa Vontade da UNICEF, era um apaixonado – e muito persuasivo – defensor das crianças. Uma vez disse que cabia a todos nós dar às crianças um futuro mais pacífico. (...)"

Número de crianças refugiadas e migrantes que viajam sozinhas é cinco vezes superior ao de 2010 – O número total de crianças refugiadas e migrantes que se deslocam sozinhas aumentou quase cinco vezes desde 2010, segundo um novo relatório da UNICEF divulgado hoje. Em 2015-2016, pelo menos 300.000 crianças não acompanhadas e separadas foram registadas em cerca de 80 países, número que em 2010-2011 foi de 66.000. ‘A Child is a Child: Protecting children on the move from violence, abuse and exploitation' apresenta uma visão global sobre as crianças refugiadas e migrantes, as motivações que (...)

Mais de um milhão de crianças fugiram da violência que tem vindo a aumentar no Sudão do Sul – [ACNUR & UNICEF] Mais de 1 milhão de crianças já fugiram do Sudão do Sul onde a escalada do conflito está a arrasar o país, anunciaram hoje a UNICEF e o ACNUR. As crianças perfazem 66 por cento dos mais de 1.8 milhões de refugiados do Sudão do Sul, segundo os últimos dados da ONU. A maioria destes refugiados chegaram ao Uganda, ao Quénia, à Etiópia e ao Sudão.

É necessária acção urgente para proteger as crianças na ‘crise esquecida’ na RCA – Sem o reforço do apoio, a vida e o futuro de mais de 1 milhão de crianças na República Centro-Africana estão ameaçados, afirmou hoje a UNICEF. Apesar da frágil recuperação do país a que temos vindo a assistir, a violência esporádica e a instabilidade continuam a ser um problema, estimando-se que cerca de 890.000 pessoas continuem deslocadas e mais de 2.2 milhões de pessoas – metade das quais são crianças – precisem de assistência humanitária.

Crianças refugiadas e migrantes retidas em países de trânsito europeus estão psicologicamente afectadas devido à incerteza quanto ao seu futuro – Perto de 75.000 refugiados e migrantes, entre os quais cerca de 24.600 crianças, actualmente retidos na Grécia, na Bulgária, na Hungria e nos Balcãs Ocidentais estão em risco de vir a sofrer de distúrbios psicológicos causados pela incerteza em que se encontram há meses, alertou hoje a UNICEF. Ainda que tenham o direito legítimo de se juntarem às suas famílias nos países de destino na Europa Ocidental, como a Alemanha ou a Suécia, a maioria dos requerentes de asilo retidos não sabe (...).

Número de crianças somalis que se prevê venham a sofrer de má nutrição grave aumentou 50 por cento – O número de crianças que, segundo as últimas previsões, estão ou virão estar gravemente mal nutridas aumentou 50 por cento desde o início do ano para um total de 1.4 milhões. Entre estas, mais de 275.000 crianças poderão sofrer de subnutrição aguda severa em 2017. As crianças gravemente mal nutridas tem nove vezes mais probabilidade de não resistir a doenças mortais como a cólera/diarreia aquosa e o sarampo, que estão a alastrar. Durante a fome de 2011 na Somália (...).

UNICEF chega a quase metade das crianças do mundo com vacinas vitais – A UNICEF adquiriu 2.5 mil milhões de doses de vacinas para crianças em 2016, chegando a quase metade do total das crianças menores de cinco anos. Estes números, divulgados durante a Semana Mundial da Imunização, fazem da UNICEF o maior comprador de vacinas do mundo. Nigéria, Paquistão, Afeganistão, os três países onde a pólio contínua endémica, receberam individualmente mais vacinas do que qualquer outro – perto de 450 milhões de doses na Nigéria, 395 milhões no Paquistão e mais de 25 (...).

UNICEF & PAM: Corrida contra o tempo para salvar milhões de vidas no Iémen – A violência contínua no Iémen está a gerar uma das mais graves crises de fome no mundo, com perto de 7 milhões de pessoas que não sabem de onde virá a sua próxima refeição e que necessitam desesperadamente de assistência alimentar. Perto de 2.2 milhões de crianças estão subnutridas, entre as quais meio milhão que sofrem de má nutrição grave e estão em risco iminente de morte se não receberem cuidados e tratamento especializado urgentes.


   123456789101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051525354555657585960616263  
 
Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Galeria de Vídeos
 
   Segunda, 29 de Maio de 2017 Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site