Crise no Sudão do Sul
Fome declarada em várias zonas do país

Perto de 5 milhões de pessoas precisam assistência urgente –
mais de 270.000 são crianças

No Sudão do Sul, país debilitado pelo conflito, pela pobreza e pela insegurança, mais de 270.000 crianças sofrem de má nutrição aguda grave e mais de 837.000 de má nutrição moderada. A fome foi declarada em algumas zonas do país.

A situação no país tem vindo a deteriorar-se rapidamente, estimando-se que o número de pessoas em situação de insegurança alimentar aumente de 4.9 milhões para 5.5 milhões no pico da época de escassez de alimentos, em Julho, se nada for feito para conter a gravidade e o alastramento da crise alimentar.

Nas zonas mais afectadas, cerca de 100.000 pessoas estão em risco de morrer de fome. Para além destas, mais um milhão de sudaneses do sul estão à beira da fome. Esta fome resulta em grande medida da acção do homem devido à deterioração das condições económicas, à falta de acesso a água potável, saneamento e higiene, serviços de saúde e educação, deslocações e conflito.


“Se não conseguirmos levar ajuda urgente as estas crianças, muitas delas morrerão. Apelamos a todas as partes no conflito para que permitam às organizações humanitárias aceder sem restrições às populações afectadas, a fim de prestarmos assistência aos mais vulneráveis e evitar mais uma catástrofe humanitária.”
Jeremy Hopkins, Representante da UNICEF no Sudão do Sul


O que esta a fazer a UNICEF?

A UNICEF está no terreno a trabalhar em colaboração com vários parceiros levar ajuda vital às crianças e famílias afectadas pelo conflito:

• No ano passado, tratámos mais de 180.000 crianças contra a má nutrição aguda severa e vacinámos mais de 443.000 contra o sarampo.

• Mais de um milhão de pessoas, incluindo 200.000 crianças receberam assistência através de 82 missões conjuntas nas zonas mais duramente atingidas pela guerra

• Em Janeiro deste ano, foram tratadas 11.539 crianças com má nutrição aguda severa, e 21,775 com má nutrição aguda moderada

• Através de Missões de Resposta Rápida, a UNICEF juntamente com o PAM está a trabalhar para chegar às crianças mais vulneráveis: distribuição de alimentos, tratamento de crianças gravemente subnutridas, cuidados de saúde, vacinação abastecimento de água potável, registo de crianças que estão sozinhas são parte das tarefas destas equipas.

MULTIBANCO
Transferências > Ser Solidário > UNICEF

Transferência ou depósito bancários
Millennium BCP
NIB 0033 0000 0000 3196 2082 8
IBAN PT50 0033 0000 0000 3196 2082 8

Donativo por correio
Cheque dirigido a:
Comité Português para a UNICEF,
Av. António Augusto Aguiar, 21 -3E,
1069-115 Lisboa




Leia aqui o comunicado conjunto da UNICEF,
do PAM e da FAO