Voltar à página inicial
A UNICEFDIREITOS DA CRIANÇAEMERGÊNCIASPARCERIASCENTRO DE IMPRENSALOJA ON-LINEAJUDAR A UNICEF

© UNICEF
PAQUISTÃO

UNICEF apoia esforços para combater a má nutrição na Província de Sindh, no Paquistão afectada pelas cheias

Natasha D’Souza da UNICEF relata os esforços da organização para tratar crianças que sofrem de desnutrição na província de Sindh, afectada pelas cheias, no Paquistão. Distrito de Thatta, Paquistão (26 de Novembro de 2010) – as cheias devastadoras causadas pela monção que afectaram recentemente mais de 20 milhões de pessoas no Paquistão – entre as quais 2.8 milhões de crianças menores de cinco anos – trouxeram à superfície muitos problemas que se encontravam subjacentes. Num país onde as taxas de má nutrição já eram alarmantes, as cheias agravaram muito a situação.


Ainda antes desta crise, cerca de um terço das crianças do Paquistão nasciam com baixo peso. Actualmente, o desafio não é apenas incrementar as intervenções no domínio da nutrição, mas, em algumas zonas, criá-las de raiz/pela primeira vez.

As crianças na província de Sindh, por exemplo, são particularmente vulneráveis à má nutrição. Mesmo antes das cheias, as taxas de atrasos de crescimento em Sindh eram superiores à média nacional. Para combater problemas de subnutrição e atrasos de crescimento, a UNICEF e organizações parceiras fazem o rastreio do estado nutricional das crianças através de programas de alimentação terapêutica ambulatórios onde o peso e a altura das crianças, bem como o perímetro da parte superior do seu braço (um indicador chave do crescimento e do desenvolvimento) são medidos.

Unidades Móveis e centros de estabilização

No âmbito deste programa, várias unidades ambulatórias de alimentação terapêutica chegam a comunidades que não têm acesso a centros de saúde fixos. A grande maioria das crianças destas comunidades pode ser tratada eficazmente neste tipo de unidades ambulatórias, mas casos graves precisam de ser tratados num centro de estabilização.

Uma criança da região acaba de receber um pacote de bolachas de alto teor energético, fornecido pelo programa de alimentação terapêutica apoiado pela UNICEF no distrito de Thatta, Província de Sindh, Paquistão.

No distrito de Thatta, a UNICEF criou o primeiro centro de estabilização num hospital civil distrital para tratar crianças desnutridas com complicações de saúde graves. A criação do centro teve o apoio da Engro Chemicals, através da UNICEF, como uma parceria público-privada. Com camas para seis crianças e para os familiares que as acompanham, o centro recebe alimentos terapêuticos e medicamentos fornecidos pela UNICEF. O Instituto Nacional de Saúde Infantil dá formação ao pessoal do centro.

UNICEF tem dado muito apoio a este programa, e continua a trabalhar com o governo, organizações não governamentais e comunitárias através do fornecimento de bens vitais e produtos nutritivos para as crianças afectadas pelas cheias.

Passados mais de três meses desde o início das monções, a falta de financiamento para as operações de emergência da UNICEF está a condicionar a capacidade de resposta às cheias. Até agora, os fundos recebidos representam cerca de metade dos 251 milhões de dólares, o montante global do apelo da UNICEF para esta crise.

Voltar ao topo
Últimas Notícias
Arquivo
Destaques
Histórias do terreno
Haiti - Histórias do Terreno
Níger
Zâmbia
Paquistão
Galeria de Vídeos
PARA MAIS INFORMAÇÕES:
http://www.unicef.org/infoby
country/pakistan_49640.html
 
   Sábado, 18 de Novembro de 2017Home | Publicações | Galeria de Videos | Política de Privacidade | Contactos | Mapa do Site